Bruno Vale: "Exibição da Taça vai dar-nos um empurrão"

Guarda-redes recorda noite 'louca' do jogo da Taça contra os dragões.

Correio Sport – Trinta penáltis! Esperava uma noite tão longa?
Bruno Vale – Não passámos mas fizemos um jogo com personalidade. No final ficou uma sensação de crueldade, porque merecíamos mais.
– Defendeu quatro penalidades. Qual a sensação de brilhar frente ao FC Porto, a que está ligado? – Ser o FC Porto ou o clube da esquina neste caso é igual. Dei o meu melhor e pensei no Belenenses.
– Alguém do FC Porto falou consigo no final do encontro?
– Não, não falou.
– Que metas tem para si depois deste empréstimo ao Belenenses?
– O meu ciclo com o FC Porto chegou ao fim: não tenho nada para mostrar depois de cinco empréstimos, e eles também não mostram interesse. Fico livre no fim da época e decidirei a minha vida. Espero jogar um dia em Espanha ou em Inglaterra.
– E regressar à Selecção?
– Se continuar a jogar com regularidade, é natural que pense nisso.
– Que explicação haverá para o momento negativo do Belenenses?
– Desperdício, falta de sorte... A exibição da Taça vai dar-nos um empurrão. Deixou nas pessoas uma imagem diferente da que tinham de nós
O PADRINHO MOURINHO
O guarda-redes, de 26 anos, sucessivamente emprestado pelo FC Porto, esteve em destaque no seu último ano de júnior. Quando José Mourinho o promoveu ao plantel principal. 'Quando melhorar o jogo com os pés vai ser o guarda-redes com maior potencial para o futuro', vaticinou, então, o ‘Special One’.


In edição de hoje do "Correio da Manhã"

Sem comentários: