'A. J. Pereira'

Nascido em Belém (Lisboa), em 1889, Artur José Pereira foi unanimamente considerado o melhor jogador de futebol em Portugal até aos anos 30, pelo menos, sendo uma das primeiras grandes "estrelas" nos relvados nacionais.
"A. J. Pereira", como era conhecido começou a jogar futebol para os lados das Salésias, em Belém - o grande viveiro de jogadores portugueses no início do século.

[...] Aos 33 anos, o 'capitão geral' do Belenenses, "A. J. Pereira" despediu-se do futebol, enquanto praticante, a 26 de Março de 1922, no dia em que o "seu" Belenenses perdeu novamente a final do Campeonato de Lisboa, desta vez para o Sporting. "A. J. Pereira" foi o "capitão azul".[...]

[...] Nesta função (treinador), "A. J. Pereira" pôde ainda orgulhar-se de ter sido o mestre de grandes nomes do futebol português como "Pepe", Augusto Silva e César de Matos.
Faria dupla técnica com Cândido de Oliveira, em finais dos anos 30, no Belenenses e na selecção nacional.
"A. J. Pereira" foi ainda árbitro competente e respeitado, merecendo a distinção de Sócio de Mérito da Associação de Futebol de Lisboa.
Viria a falecer em 1943, três anos antes do "seu" Belenenses se sagrar campeão nacional. Tinha então 53 anos [...]

In "A Paixão do Povo" - História do futebol em Portugal.

Sem comentários: