A foto preferida de Matateu

“Talvez porque ando sempre metido no “barulho”, apareço em muitas fotografias.
Tenho muitas, mas ainda assim, uma pequena parte das que são publicadas nos jornais.
Tenho, ou tive, fotografias bem interessantes.
Por exemplo: aquela em que apareço aos ombros dos meus admiradores naquela tarde inesquecível em que ajudei pela primeira vez o Belenenses a ganhar ao Sporting.
Pois não sei o que foi feito dessa fotografia…Talvez fosse essa a favorita.
Mas como tenho que apresentar uma, escolho a que ilustra esta página.
Talvez isso cause certa estranheza. Não é uma fotografia muito nítida, nem estou a marcar nenhum golo. Estou a tentar lá isso é verdade. Eu e o Vaz… de Setúbal.
Mas é a única que tenho desse Portugal-Argentina.
Aliás não é a fase em si que me interessa mais, mas sim o jogo.
É que durante esse desafio – sabe-se lá se no momento focado pela foto – nasceu a minha filha, a “Tininha”. Só o soube no fim do jogo. Toda a gente me escondeu a notícia que já era pai, com receio de que perturbasse durante o jogo…
Pusemos-lhe o nome de… Argentina, em alusão à coincidência de ter nascido à hora em que o pai cumpria o seu dever de desportista português jogando no III Portugal-Argentina – em data que não esquecerei: 28 de Novembro de 1954. O que significa que a “Tininha” fez à pouco 4 anos…” Matateu


In “Sport Ilustrado” Janeiro de 1959
  • Post originalmente publicado em 28/01/2008

Sem comentários: