A saída (insólita) de Sambinha do Restelo e a rescisão de Luís Horta com o Belenenses

➧ Raúl Ferreira dos Santos, o «Sambinha», nasceu no Lobito, Angola, a 23 de Janeiro de 1955. Fez parte da equipa de júniores do Belenenses, da época 1972/73. Transitou para o plantel sénior na época seguinte onde se manteve até à época de 1985/86. Durante mais de uma década, Sambinha, foi uma referência, não só como atleta profissional mas também como cidadão, dignificando e prestigiando a emblema do Clube de Futebol "Os Belenenses".
🌌 [...] Antes da Ordem dos Trabalhos a Assembleia tratou, todavia, de vários assuntos de interesse para o Clube. O primeiro de entre todos seria a já anunciada saída de Sambinha, jogador que serviu o Belenenses durante catorze anos. Quem levantou a questão foi Carmo Montes, que se não esqueceu de referir que no tempo da II Divisão o jogador, para renovar o contrato, reclamou condições tão modestas que seria a própria Direcção, por seu alvedrio, a pagar-lhe mais do que aquilo que era por ele pedido. E remataria concluindo: - Com a sua saída perde-se um bom pedaço do Belenenses. Por este andar acabaremos por chegar ao mercenarismo total ! [...] “A Bola” de 5 de Julho de 1986.
➧ Luís Manuel Alfar Horta, nasceu em Lisboa a 15/01/1952. Representou o Belenenses durante 5 épocas: 1976/77 a 1979/80 e 1981/82.  
🌌 «Este antigo jogador do nosso clube deixou uma marca em mim que nunca mais me vai deixar. No jogo da nossa condenação em Leiria (perdemos e ficámos praticamente condenados à nossa primeira descida de divisão), pois o Luís Horta terminado o jogo teve um ataque de choro que nem nós adeptos nem os colegas conseguiram fazer parar.» Carlos Escobar
🕤 26ª jornada do campeonato nacional (25/04/1982): União de Leiria, 1 - Belenenses, 0 (golo de N'Habola, aos 80'). Luís Horta, foi expulso aos 72', com vermelho directo (já tinha um amarelo). O conselho de disciplina da Federação castigou-o com 3 jogos. Na sequência do castigo e da polémica sobre a sua expulsão, Luís Horta pediu a rescisão do contrato. O clube aceitou imediatamente. No entanto, o Belenenses, exigiu uma indemnização, já que a transferência do jogador, de Braga para o Restelo, tinha custado 600 contos. 
🕜 O massagista Fontes, foi castigado com 8 meses de suspensão e uma multa de 5250 escudos. Alhinho, também foi «contemplado» com 1 jogo de castigo (acumulação de cartões amarelos).
🕑 Em resultado da turbulência que o clube e a equipa de futebol viviam, dois dias após o jogo de Leiria, a comissão administrativa que geria o clube suspendeu Carlos Pereira, Cepeda, Vítor Gomes, Avelar, Eurico Caires e Paulo Ferreira. Porém, a suspensão seria anulada após uma conversa entre Acácio Rosa, o treinador (Júlio Amador) e os jogadores em causa.

Sem comentários: