Belenenses, mais organizado, comanda a partida e vence convincentemente os éborenses

Aos 53 minutos, José Pereira saiu a defender uma bola que Coró se aprestava para rematar, mas que saiu pela linha de cabeceira. Porém, o fiscal de linha, do lado do peão, considerou que José Pereira entrou em falta sobre Coró e o árbitro ordenou grande penalidade. O jogo esteve suspenso durante alguns minutos devido às reclamações dos jogadores «azuis». Como a foto documenta, são exuberantes os gestos de Rodrigues (que acabaria expulso), José Pereira (de costas), Sá Pinto e Vicente (encoberto). O castigo foi marcado pelo ex-belenense Cordeiro, mas José Pereira defendeu. Embora o lance tivesse já sido inutilizado por Mitó estar dentro da área.
Évora, 27 de Fevereiro de 1966. Jogo no Campo Estrela, a contar para a 21ª jornada do campeonato nacional e arbitrado por Álvaro Rodrigues, de Coimbra:
Belenenses - José Pereira; Rodrigues, Quaresma, Sá Pinto e Cardoso; Vicente e Adelino; Lobo, Carlos Pedro, Teodoro e Alfredo. Treinador: Jorge Vieira (Br)
Lusitano Ginásio Clube - Vital; Teotónio, Vaz, Falé e Morato; Cordeiro e Mitó; Louro, Simões, Coró e José Pedro
Marcadores: 0-1, aos 25' por Teodoro; 1-1, aos 36' por Simões; 1-2, aos 40' por Adelino e 1-3, aos 76' por Lobo. Resultado final: Lusitano, 1 - Belenenses, 3

Sem comentários: