Salésias permitem esplosão do futebol de formação azul

Com o regresso do histórico campo ao clube do Restelo, escalões jovens podem ganhar novo espaço para se treinarem.
São cerca de 450 os praticantes no Belenenses.
Opção pode passar pela construção de um relvado sintético.
AS Salésias vão mesmo voltar para o Belenenses. Um sonho em que muitos ainda não acreditam, mas uma realidade que os sócios e adeptos do clube do Restelo vão perceber muito em breve.
É então importante compreender o que vai ser feito num espaço que hoje não tem utilidade, está abandonado, sujo... Um dos projectos equacionados pela actual Direcção do Belenenses passa por requalificar a área, colocar pelo menos um campo relvado (sintético será a opção mais viável) e permitir que os escalões de formação possam ter, finalmente, um espaço para explodir.
Como é sabido, são muitos os diamantes que passam pelo Restelo.
Porém, sem condições de trabalho, o clube não tem forma de os lapidar, acabando por perdê-los para os rivais.
A requalificação das Salésias vai permitir que cerca de 450 futebolistas (250 de competição, 200 das escolinhas), possam ter um espaço próprio, deixando de sacrificar os relvados do Restelo, sem condições para albergar tantos jovens.
«Essa é a melhor notícia para a formação deste clube. Temos doze equipas de competição repartidas pelos vários escalões, que se treinam, pelo menos, três vezes por semana, algo que não é compatível para as actuais condições. Se queremos que a formação cresça, há que dar condições aos jogadores e aos treinadores para trabalharem a sério, podendo apresentar melhores resultados no futuro», explicou Jorge Castelo, coordenador do futebol de formação azul.
Mas a construção de uma casa para a formação não se esgota no aperfeiçoamento dos talentos.
O Belenenses tem 12 equipas de competição nas quais jogam 250 futebolistas
«Neste momento, devido à falta de espaços, há jovens que terminam os seus treinos às 22.30 horas, depois de terem iniciado o dia às 7 horas. São miúdos que não têm o tempo de descanso necessário. É normal que andem cansados. Do ponto de vista desportivo é péssimo. Em termos sociais é prejudicial», lembrou, acrescentando: «Com mais campos podemos fazer os treinos mais cedo, eles podem descansar, o clube poupa na luz... só temos a ganhar.»
Não se sabe ainda quando será celebrado o acordo da passagem das Salésias para o clube da Cruz de Cristo, porém, há já a certeza de que, com este mítico espaço, o futebol do Belenenses vai ganhar armas para ombrear com os grandes de Portugal. O campo das Salésias é a mola impulsionadora que faltava para os azuis saltarem para onde há muito ambicionam estar: no topo do futebol português.
- " mítico. O campo das Salésias foi utilizado durante muitos anos pela equipa de futebol do Belenenses. Um espaço mítico onde foram disputados desafios de enorme intensidade e emoção. Na imagem pode ver-se um Belenenses-Sporting disputado a 7 de Novembro de 1948, data em que os leões foram superiores e venceram, por 4-1. Hoje não há jogos, muito menos público. Em breve será possível voltarem a realizar-se desafios nas Salésias, mais que não seja da formação do Restelo. E com isto... cresce o Belenenses.
Reportagem do jornal "A BOLA" datada do passado dia 27.

1 comentário:

bonanton disse...

será a melhor notícias dos últimos 60 anos...belém sempre.