Plantel do C.F."Os Belenenses" da época 1970 - 71

De pé e da esquerda para a direita: Homero Serpa (treinador), José Manuel Félix Mourinho (jogador-treinador adjunto), Celestino Ruas, Alfredo Quaresma, João Cardoso, Estevão, Ferro, Pena, Alfredo Murça, Freitas, Amaral e Vítor Cabral.
Agachados pela mesma ordem: Djalma, Arlindo, Virgílio, Gomes, Laurindo, Camolas, Carlos Serafim, Ernesto e Godinho.

"Esta já é uma excelente equipa, longe das equipas entre 66 e 69, com a crise do Estádio, etc., épocas de pouca estabilidade. Deve ter sido na época seguinte que o Carlos Serafim, a nossa maior promessa, teve uma grande lesão, que o fastou do futebol.
No ano seguinte, 71/72, já não me lembro do técnico (Mário Wilson?), com Murça, Quinito, Estêvão, aquilo é que era jogar. Que diferença para os dias de hoje. O Estêvão tenha um pontapé notável e a centrar o pé esquerdo era uma autêntica colher.
Muitos outros estão aqui e eram excelentes jogadores - João Cardoso veio do Sacavenense como extremo-esquerdo, foi em boa hora adaptado a defesa-esquerdo. Pena que o clube não o tenha segurado no pós-25 de Abril. Como o Freitas e o Laurindo. Quando o Fredy recuou para defesa esquerdo, na 4ª feira, lembrei-me do João Cardoso. Do Godinho, internacional A, que esteve para ser dispensado, nos anos anteriores, do que me lembro mais foi quando recuou para jogar com o Gonzalez pela esquerda. Minha nossa. Vi muitos defesas direitos de gatas atrás da bola, era um show.
E atenção ao guarda-redes, que era banco em Setúbal (do Vital, ex- Lus. Évora) e recuperou a carreira no Belém, onde ainda jogou 5 épocas talvez, com resultados muito honrosos da nossa equipa.
Os Mourinhos são de Setúbal, mas não podem negar uma ligação quase umbilical ao Belém." José

Texto retirado dos comentários a este post.

3 comentários:

Vtitor Ferreira disse...

o joaquim meirim treinava os jogadores a correr atras das galinhas,meirim chegou ao restelo e disse q ìa ser campeao ao fim de alguns jogos foi corrido pelos adeptos com o CFB em sexto

Anónimo disse...

Esta já é uma excelente equipa, longe das equipas entre 66 e 69, com a crise do Estádio, etc., épocas de pouca estabilidade.
Deve ter sido na época seguinte que o Carlos Serafim, a nossa maior promessa, teve uma grande lesão, que o fastou do futebol.
No ano seguinte, 71/72, já não me lembro do técnico (Mário Wilson?), com Murça, Quinito, Estêvão, aquilo é que era jogar.
Que diferença para os dias de hoje.
O Estêvão tenha um pontapé notável e a centrar o pé esquerdo era uma autêntica colher.
Muitos outros estão aqui e eram excelentes jogadores - João Cardoso veio do Sacavenense como extremo-esquerdo, foi em boa hora adaptado a defesa-esquerdo. Pena que o clube não o tenha segurado no pós-25 de Abril. Como o Freitas e o Laurindo. Quando o Fredy recuou para defesa esquerdo, na 4ª feira, lembrei-me do João Cardoso.
Do Godinho, internacional A, que esteve para ser dispensado, nos anos anteriores, do que me lembro mais foi quando recuou para jogar com o Gonzalez pela esquerda. Minha nossa. Vi muitos defesas direitos de gatas atrás da bola, era um show.
E atenção ao guarda-redes, que era banco em Setúbal (do Vital, ex- Lus. Évora) e recuperou a carreira no Belém, onde ainda jogou 5 épocas talvez, com resultados muito honrosos da nossa equipa.
Os Mourinhos são de Setúbal, mas não podem negar uma ligação quase umbilical ao Belém.
José

Anónimo disse...

Nesta época jogou um atleta de nome Canhoto, qual era o seu anterior clube ?