O Belenenses certo no ataque venceu com merecimento o F.C. Porto por 2-0, em jogo para a «Taça» de Portugal de 1951


  1. Joaquim, deixou escapar esta bola para de seguida, Rebelo entrar na sua posse. Buchelli (10) e Pedroto (4) estão na expectativa;
  2. Um ataque dos portuenses junto da grande área do Belenenses. Enquanto Sério está atento à jogada no terreno a luta desenvolve-se com a colaboração de oito jogadores. Em grande plano, de costas, vê-se com o número 3, Serafim;
  3. Barrigana saltou alto e captou a bola por entre Marchiaro, Pedroto, José Maria, Alfredo e Pinto Vieira;
  4. Outro lance movimentado em que Barrigana entra de posse da bola. Alfredo, Pedroto, Virgílio, e Mário Rui estão atentos; 
  5. Jogo da 1ª mão dos quartos de final da Taça de Portugal da época de 1950/51. No Porto, o jogo terminou empatado a zero
Salésias, 22 de Abril de 1951. O Belenenses, alinhou do seguinte modo: José Sério; Figueiredo e Serafim das Neves; Pedroto, Feliciano e Inácio Rebelo; Mário Rui, Renato Marchiaro, Narciso, Umberto Buchelli e António Castanheira
FC Porto, alinhou com: Barrigana; Virgílio e Carvalho; Joaquim, Alfredo e Pinto Vieira; Hernâni, Nelo, Monteiro da Costa, José Maria e Sanfins
Marcadores: 1-0, aos 56' por Marchiaro. Castanheira, criou uma situação de perigo para os visitantes e Pinto Vieira não afastou o perigo como convinha; Marchiaro aproveitou o ensejo e habilidosamente fez um golo para o Belenenses. 2-0, aos 75' por Narciso. A bola girou de Castanheira para Marchiaro e deste para Narciso, que se internou e evitando a carga de Alfredo rematou com êxito. A intervenção de Barrigana não evitou que o resultado passa-se para 2-0.

Sem comentários: