Augusto da Costa (do Vasco da Gama) novo treinador do Belenenses chegou hoje a Lisboa

«Augusto, um dos maiores jogadores do futebol brasileiro, durante muitos anos capitão da equipa do seu país e do Vasco da Gama, actualmente adjunto do técnico Martin Francisco no grande clube carioca, ontem chegado a Lisboa para tomar conta do seu novo cargo de treinador do Belenenses» - «Diário de Lisbôa» de 20 de Julho de 1957

Augusto da Costa, filho de portugueses, nascido no Rio de Janeiro em 22/10/1920 e falecido em 01/03/2004, vice-campeão do mundo de 1950, foi contratado para substituir Fernando Riera. Dirigiu a equipa durante oito jornadas do campeonato nacional, com os seguintes resultados:

  • Belenenses, 2 - Académica, 0 / Lusitano, 3 - Belenenses, 2 / Braga, 3 - Belenenses, 2 / Belenenses, 3 - Sporting, 3 / Cuf, 1 - Belenenses, 2 / Belenenses, 3 - Torriense, 2 / Salgueiros, 2 - Belenenses, 0 e Belenenses, 2 - Setúbal, 1

«O Belenenses, é vítima de uma crise de orientação que o clube procurou debelar com a chamada apressada de Herrera» no final de Outubro, nas vésperas de um Benfica-Belenenses relativo à 9ª jornada do campeonato nacional. Tão surpreendente como a sua contratação foi o convite e a aceitação de Augusto, em ficar como adjunto de H.H.

Augusto, sendo confortado pelo guarda-redes uruguaio Máspoli, na final do campeonato do mundo de 1950, e num poster da revista «Globo Sportivo». Fotos do site "Tardes de Pacaembu"

Sem comentários: